Pages

Search This Blog

22.6.12

Lista de convidados: como fazer?




Existem muitos conflitos gerados dentro de um noivado, um deles é  se refere a quem convidar para a cerimônia de casamento. Geralmente este é um dos problemas que mais desgasta o casal durante o processo de organização da cerimônia. Irei trabalhar com os principais pontos que agravam esse conflito: ausência de planejamento na elaboração da lista de convidados, administração ruim do orçamento, intromissão dos pais dos noivos.

A lista de convidados para o casamento deve ser construída dentro de uma estrutura pré-estabelecida. Uma sugestão para o primeiro passo é utilizar o sistema de agrupamento dos convidados de acordo com cada circulo social, por exemplo: amigos de infância, amigos da escola, amigos da faculdade, pessoal do trabalho, parentes próximos, parentes distantes, amigos da família, etc. Após isso cada noivo deve escrever individualmente sua lista, o que diminui o risco de alguém ser esquecido. Os noivos devem unir suas respectivas listas e as compararem. 

A lista única deve passar por uma filtragem de acordo com a empatia dos noivos por todos os convidados. É desagradável convidar uma pessoa que um goste e o outro não, devemos nos lembrar de que não se trata de um aniversário, onde convidamos todas as pessoas de nosso agrado, o foco é o casal. Após este passo chegamos na analise do orçamento, descrito no parágrafo abaixo. 

Os noivos precisam entender que a quantidade de convidados é diretamente proporcional ao custo do casamento, isso ocorre pois o buffet chega a representar até 80% do valor total. O buffet é o fornecedor de maior prioridade, é uma ideia ruim escolher um de preço bom e qualidade duvidosa apenas para reduzir custos e poder convidar mais pessoas.

Se o casal possui um orçamento largo ele pode considerar convidar círculos sociais mais distantes de sua intimidade, já com um orçamento limitado o casal deve selecionar muito bem os convidados nos círculos próximos. A regra do circulo social deve valer de maneira igual para cada noivo, quando uma noiva convida 10 amigos da época da escola, é de direito do noivo fazer o mesmo se ele desejar. Independente de quem arca com os custos da cerimônia de casamento.

Com a lista formada chega a hora de divulgar para a família. É aí o inicio do conflito gerado com os pais em relação aos convidados. Provavelmente foi esquecido algum amigo querido pelos pais, amigo este que a noiva ou o noivo mal se lembram ou conhecem, porém os pais fazem questão da presença daquela pessoa. Nessa fase os noivos devem levar em conta o orçamento, e também o tipo de cerimônia realizada, se for uma cerimônia intimista (mesmo com grande orçamento) os pais precisam entender e ceder, caso existam amplos recursos - e a cerimônia tiver caráter aberto -é recomendável aos noivos ceder ao apelo dos pais.

Mediante as regras os problemas se amenizam e o período tende a ser proveitoso para o casal. É uma fase muito gostosa, principalmente no momento da entrega dos convites feita pessoalmente aos convidados. Aproveitem.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Subscribe to the newsletter

Follow Along

Blog Archive