Featured post

Scandinavian Design

First of all, long life to the kingdoms of Denmark, Norway, and Sweden! My passion for Scandinavian design goes beyond design, it i...

12.7.14

7 Coisas Que Um Brasileiro Sente Falta na Bélgica

1) Tomar suco com as refeições
Aqui não se toma suco ou refrigerante junto com os alimentos, principalmente em dia de semana. Os belgas são tradicionais e consideram importante degustar o sabor do alimento sem interferências no paladar, portanto ao lado do prato deles sempre tem um copo de água ou uma taça de vinho que se harmonize ao sabor do prato escolhido. 

2) Sol, meu amigo sol
A terra dos chocolates possui um alto índice de pluviosidade, em boa parte do ano o tempo fica nublado. Hoje enquanto escrevo esse post vejo o céu cinza e uma leve garoa (mesmo sendo verão). Depois de algumas semanas nosso corpo se acostuma com a falta de sol, mas antes disso os brasileiros ficam melancólicos, já que associamos ''tempo fechado'' à coberta, pipoca e filme. 



3) Cores nas casas
Grande parte das casas nas cidades belgas são revestidas com tijolinhos cinzas, cores torrosas, tudo muito discreto. Obviamente existem exceções, como nas cidades de Gent e Bruges, mas no geral a falta de cores fortes predomina. Nos primeiros dias eu sentia falta de algo que não sabia o que era, então me dei conta de que se tratava das cores nas fachadas das casas, nunca achei que isso afetaria meu humor, mas faz diferença. Porém é só comer chocolate e tomar cerveja belga que o humor volta no ar!



4) Café
Quando for colocar sua moedinha em uma máquina de café: não crie expectativas. O que sairá da máquina é no geral um ''chá de café'', um copo grande cheio de café aguado. Se quiser um café decente você precisará procurar uma Starbucks, infelizmente, ou garimpar muito até achar uma boa cafeteria. 

5) Um só idioma
No norte da Bélgica falam holandês - Dutch, Flemish -, no sul falam francês, e ainda existe um pedacinho ao leste onde alemão é oficial. Essa mistura gera muitos transtornos, principalmente na Capital que é bilíngue. Nos sentimos um pouco perdidos e sem saber qual idioma usar quando começamos uma conversa em Bruxelas, também não é difícil nos perdemos nas ruas por termos o nome da mesma em dutch e na placa o nome estar em francês, até os locais se confundem.

6) Festa de aniversário de criança
Aqui na Bélgica não tem empadinha, coxinha, brigadeiro e bolo, nas festas infantis é tradicional que seja servido apenas panquecas doces, recheadas com açúcar mascavo, geralmente duas unidades para cada criança. Também ainda não fui em nenhuma festa que tenha música, nem cantam ''parabéns'' com corte de bolo, pois nunca vi também a tal ''mesa do bolo''. Portanto não reclame mais das festinhas no Brasil!

7) Duchinha ou bidê ao lado do vaso sanitário
Na maioria das casas e estabelecimentos a tradicional duchinha é ausente, algo muito complicado principalmente para as mulheres brasileiras em período menstrual, pois precisamos nos contentar com aqueles lencinhos umedecidos. Quando vierem ''turistar'' na Bélgica não se esqueçam de andar com lencinhos na bolsa meninas, caso contrário passarão por situações desconfortáveis!

Obrigada pela visita e pelo carinho
Não deixe de nos acompanhar pela página no Facebook!