Featured post

Scandinavian Design

First of all, long life to the kingdoms of Denmark, Norway, and Sweden! My passion for Scandinavian design goes beyond design, it i...

30.8.14

Descubra a Vida Fácil dos Cães Europeus!

Sempre quando ando por aqui vejo espaços públicos dedicados somente a pessoas que desejam soltar o cachorro da coleira, todo cercadinho e com uma grama fofinha para eles fazerem xixi. Outra coisa que sempre observo são esses postes com saquinhos plásticos para quem precisar recolher os dejetos dos animais. Adoraria que essas coisas fossem instaladas no Brasil, principalmente em cidades como São Paulo, onde muitas pessoas moram em apartamentos pequenos e não encontram uma área reservada para deixar o pet livre da coleira. A primeira foto é de um poste na França e o segundo em Luxemburgo. Gostaram?





                                                             
Aproveito o post para incentivar a adoção de cães de rua e em abrigos. Como boa parte dos leitores é da região de Valinhos-SP eu deixarei aqui o link de uma organização que realiza um ótimo trabalho ao recolher e colocar na feirinha de doação todos os sábados cães e gatos na praça 500 anos.





29.8.14

Conheça a Doce L'Isle Sur la Sorgue, uma Comuna no sul da França

O dia perfeito para conhecer L'Isle-Sour-la-Sorgue é domingo de manha, pois é nesse dia que ocorre uma feira tradicional, consagrada com o extinto selo do Conselho Nacional de Arte Culinária, órgão francês que agraciou com o prêmio apenas 100 feiras francesas. Além da feira a comuna é conhecida por seus maravilhosos antiquários, muitos europeus que buscam peças de antiquário viajam para lá apenas por isso.
Para mim o ponto mais especial da comuna que adorei conhecer é a igreja de Notre-Dame-des-Anges, ela possui uma arquitetura belíssima e congrega estilos diferentes em suas paredes, pois foi construída no final do século XII, mas por virtudes de guerras e destruições teve que ser reconstruída 1636, sob orientação oficial do célebre arquiteto François de Royers de la Valfenière. 
São por esses e outros motivos que eu indico que vocês confiram o que essa cidadezinha tem a oferecer!









Confira aqui o coral da Igreja: 

video

Para mais informações turísticas sobre L'Isle-Sur-La-Sorgue veja o site oficial da vila
Gosta do conteúdo do Papel com Clips? Então prestigie e me motive a escrever mais para vocês, divulgue nosso conteúdo nas redes sociais e curta nossa página no Facebook =)

28.8.14

Dicas de Fornecedores para Casamentos em Campinas-SP

Como recebo muitos e-mails com pedidos de dicas para casamento, decidi  gravar esse vídeo com pequenas sugestões para quem irá realizar uma cerimônia de casamento na região de Campinas-SP. Como alguns de vocês sabem eu trabalhei com assessoria e decoração antes de me mudar para a Bélgica, por isso acho interessante dividir um pouquinho do meu conhecimento com vocês. 
Espero que essas dicas os ajudem a dar pelo menos o ponta-pé inicial no processo da organização da cerimônia. Compartilhem esse post com seus amigos e amigas noivas, pois como esse é o segundo vídeo do Papel com Clips eu conto com todo apoio e carinho de vocês na divulgação.
Muito obrigada por tudo gente!



27.8.14

Lavandas, Cheiros, Provence

Temos uma habilidade humana muito preciosa: a memória. Nos lembrar de fatos nos faz mergulhar no passado, trazermos os sentimentos mais serenos e belos de volta, principalmente quando o que nos desperta é o cheiro. Quem é que não se lembra de algum aroma da infância? A lavanda, flor originalmente cultivada no sul da Europa, mexe com nossos sentidos e lembranças da melhor forma, é como um delicado presente de Deus embalado com toda delicadeza, que ativa o estado mais elevado que a alma humana pode alcançar: o amor. Não tem como não amar os campos de lavanda e seu doce aroma ao por do sol. 



Na história antiga temos vários registos em que podemos ver o grande apreço e respeito que sempre tivemos pela Lavanda. Os egípcios usavam a planta ao embalsamar os mortos, os gregos a utilizavam como analgésico, já os romanos as colocavam em banhos públicos, o que deu origem ao nome que conhecemos hoje, pois em Latim lavar (ato de nos limparmos) é ''lavare'. 


Quando visitarem a Provence, estado no sul da França mais tradicional do mundo em produção de lavandas, não deixe de parar e admirá-las, colhê-las com respeito e agradecer por elas estarem lá. Voilà. 


Mande um carinho pra cá, curta nossa página do Papel com Clips e nos ajude a crescer e a inspirar mais pessoas. Muito obrigada pela companhia =)

26.8.14

Conheça um dos Vilarejos mais Românticos da França

Localizado em Provence, estado no sul da França, o mágico vilarejo de Gordes possui origem céltica do grupo Vordense, nome modificado para Gordenses e então para o curto Gordes, como é hoje conhecida. Os celtas vordenses buscaram o alto do rochedo para a construção de uma base que lhes garantisse mais segurança, mais tarde a região foi ocupada por Galos-Romanos, razão pela qual encontramos grandes números de vestígios arqueológicos e influência romana na arquitetura. Ao longo de sua história o povoado sofreu com várias invasões externas e conflitos de política interna, mais recentemente, na segunda Grande Guerra, teve residências incendiadas, a abadia invadida e habitantes assassinados pelos nazistas. Hoje a cidade é considerada um grande símbolo de resistência por sua trajetória sofrida e turbulenta, e como presente divino ganhou aristas como Vasarely, Marc Chagal, Serge Poliakoff e Deyrolle Jean que auxiliam em sua reconstrução durante a segunda metade do século XX. 
Apesar das mazelas pelas quais passou Gordes nos seduz e estende seus braços com uma paisagem de casas feitas de pedras cravadas nas montanhas, ruas pitorescas, lavandas e riachos que se assemelham a um conto de fadas. É inevitável não se apaixonar por sua arquitetura, vista e um céu azul belíssimo. 
Como em boa parte dos vilarejos é tradição que turistas possam alugar casas por apenas uma semana, e de lá possam também conhecer os arredores e cidades vizinhas de Gordes. A casa em que fiquei era do ano de 1656, obviamente foi reconstruída internamente, mas mantinha as pedras e o clima antigo. 
Inspire-se, ame, e deixe se levar pela beleza da Provence.
Muito obrigada pela companhia, não deixem de curtir nossa página no Facebook, isso é muito importante para me motivar a escrever mais para vocês. Muito obrigada por tudo. 

21.8.14

Por que Você Deve Criar Um Blog: 7 motivos

1) É algo SEU
O blog é uma ferramenta individual para você se expressar da maneira que desejar, sem cobranças. Hoje com a nossa restrição de tempo fica difícil para as pessoas terem um momento e espaço só delas, pois saiba que no mundo virtual você consegue construir esse ambiente da forma mais prática possível. 

2) Memórias
Você registra memórias que poderiam ser esquecidas a longo prazo, ao colocar no blog você pode revê-las e refletir sobre as mesmas, observar o quanto aprendeu desde que escreveu aqueles antigos textos, sentir seu crescimento e amadurecimento ao longo dos anos.



3) Praticidade
Diferente de um diário o blog é algo prático, você não precisa imprimir fotos para colar, nem em levá-lo com você para todos os cantos, de qualquer lugar do mundo você pode acessá-lo.

4) Sem Preocupação
No blog você pode se expressar livremente, não precisa obrigatoriamente ler mil vezes para ver se cometeu algum errinho de pontuação ou ortografia, não tem aquela obrigação acadêmica.



5) Compartilhe
No diário as experiências ficam trancadas, já o blog é ''democrático'', todos podem aprender através de suas aventuras e pensamentos!

6) Descobrir Coisas Novas
Ao pesquisar para gerar conteúdo para o blog você se depara com coisas novas e interessantes, filmes, livros, reportagens diversas e até mesmo pessoas!

7) Fazer Amigos
Muita gente passa a se identificar com a forma como você vê o mundo, assim você conquistará bons amigos no mundo virtual, que poderão até ser contatos no ''lado real'' para a vida toda.



Você tem mais motivos? Compartilhe conosco aqui nos comentários!
PS: todas as fotos do post são de filmes com a Kate Winslet
Sigam o Papel com Clips no Instagram


19.8.14

Esmalte Vermelho: love - Risquè

Quem me conhece sabe que eu uso exatamente o mesmo esmalte desde 2007, eu adoro o tom e sou aquelas clientes fiéis e tradicionais, quando gosto da marca eu defendo com todos os dentes. Mesmo morando em outro país eu trouxe para a Bélgica um estoque deles na mala!

A marca é a Risquè e o tom é o love. Em Valinhos-SP eu sempre comprava em uma lojinha no centro chama Tóquio, bem antiga da cidade, acredito que todos que morem em Valinhos conheçam o espaço.

Voilà, agora vocês já sabem qual é o esmalte que eu uso em praticamente todas as fotos que posto aqui no Papel com Clips! E vocês? Mudam sempre de cor ou também mantém sempre a mesma?




15.8.14

Vlog do Papel com Clips. Primeiro Vídeo!

Como eu havia prometido, seguem as respostas das questões que vocês enviaram, em formato de vídeo.
Por ser o primeiro vídeo as coisas ainda são novas para mim, por isso conto muito com o apoio e incentivo de todos vocês que gostam e acompanham o Papel com Clips.
Só quem tem blog sabe o quanto é difícil despender nosso tempo em criar conteúdo gratuito para vocês, são horas para produzir um simples post. Se são leitores e apreciam o Papel, ou outros blogs, não deixem de dar likes nos vídeos e páginas, é uma coisa simples para vocês, mas que faz toda a diferença!
Muito obrigada mesmo, tenho um carinho enorme por todos vocês =)



14.8.14

Aprenda Como Anunciar a Chegada do seu Bebê de uma forma ''belga''

O que é anunciar a chegada do seu bebê de uma forma belga? Se trata de após o nascimento do seu filho você enviar para os amigos mais próximos, por correio, um cartão os convidando para visitar seu bebê. É uma maneira bastante delicada e educada de comunicar a boa nova. 
Existem diversos modelos de cartão, porém resolvi colocar esse, que recebemos em casa semana passada, por conter um detalhe divertido, se trata o jogo de ligar os pontos para formar os nomes das gêmeas que nasceram, acompanhado de dois lápis!



Além do cartão que enviam pelo correio existe o clássico presentinho dado durante a primeira visita aos bebês, no caso das gêmeas os mimos foram uma caixinha com lápis, gominhas e outro lápis preto.


Vocês conhecem mais formas diferentes de anunciar a chegada dos bebês? Compartilhe conosco aqui nos comentários! Não deixe de curtir nossa página no Facebook =)

13.8.14

Paris para Meninas: Por que sua viagem pode ser possível SIM

Esse foi um post muito pedido pelas meninas que desejam ir para Paris mas tem um pouco de receio por nunca terem viajado sozinhas fora do Brasil. Para as novatas em viagens: me dá a mão e vem comigo que esse post é seu. 
Quando fiz 18 anos ganhei de presente da minha mãe (obrigada mãe) minha primeira viagem internacional. O destino da tão esperada viagem sozinha tinha que ser Paris, já que eu era obcecada pela cidade. Estudei muito antes de ir, desde a história da cidade até memorizar algumas linhas do metrô. Estudei tanto mesmo que hoje conheço mais Paris do que Bruxelas, sendo que eu moro na Bélgica galera! Irei dividir com vocês aqui algumas dicas e mostrar que é possível sim ir para a Cidade Luz sozinha, com 18 anos, sem gastar uma fortuna, e aproveitar o máximo possível. 

Onde ficar? 

Vocês já ouviram falar em hostel? Albergue da Juventude? No Brasil quando falamos a palavra ''albergue'' vem uma imagem negativa na cabeça das pessoas, mas na Europa é praticamente o inverso. Os hostels, ou albergues, são lugares ideais para jovens viajantes, onde você faz amigos da sua idade, curte um café da manhã com gente do mundo todo e encontra companhia para os passeios!

Quando fui para Paris pela primeira vez eu fiquei em um hostel muito bem localizado no bairro do Marais (se pronuncia ''Marré''), chamado Mije, você pode clicar aqui e conhecer o site deles. O nome pode parecer estranho, mas não tem nenhum significado em francês. Na época em paguei cerca de 33 euros por dia, com café da manhã incluso. Faça a reserva com cerca de 40 dias de antecedência. 

No hostel eu fiz amigos muito legais que cultivo a amizade até hoje, gente de vários países e de idades diversas, inclusive brasileiros - beijo especial aqui para a Carmen, Cláudia e Cleia. A galera que frequenta hostel é sempre jovem, antenada e solidária. Nunca irei me esquecer que ganhei um casaco por alguns dias do João Vicente (obrigada João!), ele estava no mesmo hostel que eu, a minha mala foi extraviada nos primeiros dias e fiquei sem minhas roupas, ele foi muito gentil ao me emprestar um casaco dele. 



Onde comer?

Existem pequenos mercados que vendem comida pronta em toda Paris, como o G20 e Carrefour Express, é uma bandejinha descartável, cada uma custa cerca de 5 euros. Existem também pequenas lanchonetes com as tradicionais baguetes, vocês precisam provar, além de ser uma comida tradicional elas são super saborosas. Um restaurante mais tradicional que indico é o Chartier, ele é lindo e possui o mesmo cardápio desde o final do século XIX, os preços não são tão altos e você ganha água de brinde!



Querem saber mais? Me enviem sugestões de perguntas sobre Paris para o próximo post. 

Gostou daqui? Nos incentive a escrever mais e curta a página do Papel no Facebook =)
ps: meninas, não julguem os looks das fotos por favor, elas são de 2007 

Compras na Bélgica: Bellerose. Você Precisa Conhecer essa Marca.

Andando pelas lojas em Bruxelas eu descobri uma marca maravilhosa chamada Bellerose. Fiquei impressionada com a nova coleção, as estampas, texturas e qualidade do material são excelentes. Me lembrei na hora da minha mãe, já que ela ama a cultura indígena, e a nova coleção explora alguns elementos que nos remetem aos índios norte americanos. Pesquisei mais e vi que existem algumas lojas na Bélgica e também espalhadas por outros países da Europa, ou seja, mesmo que sia viagem não contemple a Bélgica no roteiro, você poderá encontrar a marca em outros lugares! Sugiro muito que vocês não deixem de anotar sobre Bellerose no caderno.









12.8.14

Decoração de Casamento Simples e Acolhedor

Confira aqui os detalhes da união do casal Devin e Brucke em Santa Fé, New Mexico - Estados Unidos. O enlace contou com a presença de apenas 40 convidados, o que prova que quantidade de pessoas não é o que importa para fazer o dia especial e inesquecível! 
A decoração da cerimônia combinou bastante com a personalidade do casal, por isso foram utilizados tons suaves em flores e velas, dando ao ambiente um ar bastante aconchegante e delicado. 















O mérito pelas fotos fica com o excelente Joni Bilderback

Não deixem de curtir nossa página no Facebook e ficar por dentro de todas as novidades do Papel =)